Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Bares e restaurantes de Araguaína devem exigir comprovante de vacina contra a Covid-19; veja outras regras


No comando: CONEXÃO CORUJA

Das 00:00 às 05:00

No comando: CONEXÃO SERTANEJA

Das 05:00 às 08:00

No comando: TERRITÓRIO SERTANEJO

Das 06:00 às 08:00

No comando: BALANÇA 98

Das 08:00 às 10:00

No comando: DOSE DUPLA

Das 10:00 às 12:00

No comando: PROGRAMAÇÃO MUSICAL

Das 12:00 às 14:00

No comando: DEIXA ROLAR

Das 14:00 às 16:00

No comando: SERTANEJO BOM DE MAIS

Das 16:00 às 18:00

No comando: LIVE 98

Das 18:00 às 19:00

No comando: NOVINIL

Das 19:00 às 20:00

No comando: POP DJ

Das 20:00 às 22:00

No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 21:00 às 22:00

No comando: SOFT NIGHT

Das 22:00 às 00:00

Bares e restaurantes de Araguaína devem exigir comprovante de vacina contra a Covid-19; veja outras regras

A prefeitura de Araguaína publicou um novo decreto nesta quarta-feira (12) com medidas restritivas para tentar frear os casos de coronavírus, que estão em alta. Segundo o município, agora os bares e restaurantes, além de espaços para eventos fechados ou semiabertos, devem exigir o comprovante de vacinação contra a Covid-19. Só podem frequentar os locais quem estiver vacinado com a 1ª e 2ª dose.

O decreto já começou a valer. Conforme a prefeitura, “as mudanças foram tomadas levando em consideração o aumento no número de casos de Covid-19 registrados em Araguaína nas últimas semanas”. Nesta quarta a cidade alcançou 730 casos ativos e 71% dos leitos de UTI do município estão ocupados.

Entre as mudanças também está a limitação da quantidade de pessoas em alguns estabelecimentos e em eventos. Os bares, restaurantes, cinemas, academias e boates só podem funcionar com ocupação máxima de 70% da capacidade do ambiente. O limite é de 100 pessoas. Esses locais só podem ficar abertos até 2h.

O limite de pessoas também vale para realização de eventos esportivos, artísticos, religiosos, conferências, shows, formaturas, entre outros eventos similares. Conforme a prefeitura, os eventos só podem ocorrer com autorização prévia da fiscalização municipal.

Em ambientes fechados ou semiabertos, será obrigatório o controle de entrada e o comprovante de vacina. Em todos os locais é obrigatório seguir protocolos sanitários de distanciamento, utilização de máscara e uso de álcool 70. Veja aqui o decreto completo

Penalidades e como denunciar

A prefeitura informou que o estabelecimento que for flagrado descumprindo as regras impostas no novo decreto poderá ser interditado por três dias. Também pode ser suspensa a realização de eventos por cinco dias.

O morador que flagrar alguma medida sendo descumprida pode fazer denúncias ao Departamento Municipal de Postura e Edificações (Demupe) pelos telefones 3411 564 e 99949 5394 ou pelo WhatsApp 99972 6133.

A população também pode denunciar a situação para a Polícia Militar por meio do número 190.

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

Curta no social