Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Número de mortes cresce 500% nas rodovias federais do TO durante feriadão de Nossa Senhora Aparecida


No comando: CONEXÃO CORUJA

Das 00:00 às 05:00

No comando: CONEXÃO SERTANEJA

Das 05:00 às 08:00

No comando: TERRITÓRIO SERTANEJO

Das 06:00 às 08:00

No comando: BALANÇA 98

Das 08:00 às 10:00

No comando: DOSE DUPLA

Das 10:00 às 12:00

No comando: RESENHANDO

Das 12:00 às 14:00

No comando: DEIXA ROLAR

Das 14:00 às 16:00

No comando: SERTANEJO BOM DE MAIS

Das 16:00 às 18:00

No comando: LIVE 98

Das 18:00 às 19:00

No comando: NOVINIL

Das 19:00 às 20:00

No comando: POP DJ

Das 20:00 às 22:00

No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 21:00 às 22:00

No comando: SOFT NIGHT

Das 22:00 às 00:00

Número de mortes cresce 500% nas rodovias federais do TO durante feriadão de Nossa Senhora Aparecida

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta quarta-feira (13) o balanço da operação Nossa Senhora Aparecida. O estado registrou queda no número de autuações e acidentes, por outro lado teve um grande crescimento na quantidade de mortes, saltando de uma vítima em 2020 para seis em 2021 – aumento de 500% em comparação com a operação do ano passado.

Conforme a PRF, as ações foram voltadas para o policiamento ostensivo preventivo em locais e horários de maior incidência com registro de acidentes graves e ocorrências criminais. A operação começou na última sexta-feira (8) e terminou na noite desta terça-feira (12).

Foram mais de dois mil veículos abordados nas rodovias federais do Tocantins. Os agentes fizeram 144 testes do bafômetro e autuaram 11 motoristas por dirigirem sob efeito de álcool. O número foi menor que em 2020, quando tinham sido 18 flagrantes.

Também houve queda no número de pessoas autuadas por não utilizarem o cinto de segurança (11) ou transportarem crianças sem uso de cadeirinha (2). Foram feitos ainda 38 flagrantes de ultrapassagem proibida.

A quantidade de acidentes caiu de nove, em 2020, para oito em 2021. Em relação à quantidade de feridos houve redução de 11 para cinco.

O registro de mortes, por outro lado, aumentou de uma vítima para seis neste ano. Estes óbitos aconteceram em apenas três acidentes, sendo que dois deles foram duas batidas frontais envolvendo caminhões.

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

Curta no social